sexta-feira, 5 de julho de 2013

Filtro Esportivo......Funciona?

E ai galera.....vamos aumentar a potência do carro? Então vamos começar.

Mas eu queria investir pouco dinheiro.E o que dá pra fazer?

Fala-se muito do "Filtro Esportivo".


Bom, nessa questão existem algumas dúvidas e controvérsias:

O "Filtro Esportivo" funciona mesmo?
O "Filtro Esportivo" aumenta mesmo a potência do carro?
O "Filtro Esportivo" é melhor que o original?

Vamos começar. O filtro esportivo entrou muito no gosto dos tunadores, principalmente pelo efeito estético. Além de deixar com um aspecto bem diferente, o ronco do motor muda bastante pois, o filtro esportivo facilita a entrada de ar no motor.


Agora, com relação à alterações na potência do motor, aí muita coisa muda. Muitos pensam que simplesmente trocando o filtro original por um filtro esportivo já terá o aumento que muitos filtros prometem....8%, 10%, 20% de aumento na potência do motor.

Aí, junta a grana, instala o filtro, sai acelerando e.......nada.

É, mais uma pessoa reclamando, xingando, difamando o coitado do "Filtro Esportivo". Mas ninguém procurou se informar melhor, procurou saber qual o melhor filtro, e como deve ser feito o upgrade.

Bom, vamos colocar em pratos limpos! Para que um filtro esportivo dê o rendimento total, deverá ser instalado juntamente com outros itens que aumentam o rendimento do motor.

Vamos pensar assim: um motor com injeção eletrônica é programado para trabalhar com um determinado fluxo de ar e combustível. Como sabemos, existe sim, uma certa margem de "folga" na programação do combustível, então, se aumentarmos o fluxo de ar, logo a injeção eletrônica detecta esse aumento e consequentemente aumenta a dosagem de combustível. Logo, a potência do motor aumenta, certo?

Bom, não necessariamente. Acontece que esse aumento de potência é bem pouco perceptivo, já que o motor não depende apenas da entrada de ar/combustível, mas de todo o conjunto em sincronia para que possa desenvolver um aumento de potência significativo.

Para que haja diferença perceptível, deve se fazer a modificação não apenas na entrada de ar/combustível, mas em todo o sistema, desde a injeção eletrônica, comando de válvulas, turbocompressor e também na exaustão do ar, visto que um depende do outro, podendo restringir a potência ganhada na etapa anterior.

Outra questão que deve ser colocada em pauta é o posicionamento do filtro. O filtro original é projetado para ser instalado em um lugar de fácil acesso, fácil manutenção não tendo muita prioridade a melhor performance para o motor. Sabe se que, quando mais frio o ar admitido, melhor será. Então, ao se instalar um filtro novo, se pudermos colocar ele em um local de fácil captação do ar frio, será melhor. Outro ponto é o fluxo de ar: quanto menos se restringir o caminho, e o mínimo possível de curvas, para que o ar passe livremente, melhor será o desempenho.


Por isso, muitas vezes alguns preparadores de carros fazem adaptações no capo do carro, para facilitar a entrada de ar frio, embora isso também tenha sido usado como um tuning mais radical também.




Então já sabe......antes de comprar um filtro esportivo, pesquise antes, consulte um mecânico especializado, leve seu carro para ser analisado, verificar se realmente é possível obter algum ganho de potência somente com a alteração do filtro.

Até mais!!!

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. boa gostei bastante do post , esse assunto sobre filtro esportivo é bem complicado uns dizem uma coisa e outros defendem outra , de melhoras ou indiferença, só sei de uma coisa esse post deixa bem claro que não se define somente na instalação do acessório mas fim nas adaptações que vai proporcionar realmente um resultado juntamente com o filtro , achei bem legal resumido , bem definido para quem realmente tem vontade de ter um diferencial em seu carro. Obrigado pelo post

    ResponderExcluir
  3. parabeenns ao blog! fera mesmo hahah

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...