sábado, 15 de junho de 2013

Limpeza de Bico: Verdade ou Mito?

E ai galera......

Mais um dia.....mais uma dúvida: Devo ou não devo fazer limpeza de bico do meu carro?


Bom.....esse assunto é muito badalado....uns dizem que deve ser feita a limpeza periodicamente, outros que limpeza só quando percebe problemas, e outros ainda que, nunca se deve fazer a limpeza.

É......vamos começar assim.....o que é um "bico"?


Bico Injetor ou Válvula Injetora, tanto faz, é um componente em forma de um cilindro, que armazena o combustível pressurizado pela bomba, contendo também uma agulha móvel, que dosa a quantidade de combustível para enviar para o cilindro do motor.

Bom, sabendo que um bico armazena combustível, muitos diriam assim: "Meu carro só anda com gasolina, então não preciso fazer a limpeza porque a gasolina mesmo limpa o próprio bico, ainda mais quando a gasolina entra pressurizada". É, existe um fundo de verdade nisso. A gasolina entra pressurizada, é um líquido de grande poder de limpeza, maaaaaassss.....aí que entra o problema.


Você garante que a gasolina que você coloca no seu tanque é totalmente livre de impurezas? Ela é limpíssima?

"Ahhhh, mas eu abasteço com gasolina aditivada sempre"......Bom, volto a fazer a mesma pergunta: Você garante que ela é totalmente limpa? E o tanque do seu carro? Não tem nenhuma sujeirinha no fundo?

Ou você abastece como o carinha aí?


Agora, se com a gasolina não dá pra responder sim, imagina com o Etanol que, também contém uma porcentagem de gasolina na mistura?

É, nem no carro 0 km dá pra dizer isso.....agora, a partir do momento que passa um líquido com sujeira em um componente eletrônico, com um grau de precisão tão grande como o bico injetor, podemos dizer que é necessária a limpeza. Então, uma das dúvidas está resolvida. É preciso fazer a limpeza. Inclusive, existem máquinas especificas pra fazer teste se o bico está bom, e para fazer a limpeza também.

Uma amostra:

Agora, quando é necessária? Periodicamente? Ou somente quando dá problemas?

Aí fica a seu critério......se você abastece sempre com gasolina, que costuma abastecer com gasolina aditivada de vez em quando, a gasolina que você coloca é de confiança, então pode-se correr o risco de esperar acontecer algum probleminha. Qual deles? Aumento de consumo de combustível, funcionamento irregular do motor, fraco desempenho e, mesmo assim, antes deve-se ter a análise do seu mecânico de confiança porque, pode ser que o problema nem seja o bico injetor.

Agora, se você tem um carro flex, coloca etanol sempre, abastece em postos de combustíveis que não conhece, aí eu recomendaria um revisão na injeção eletrônica......mas nada costumeiro.....alguns recomendam a cada 50.000 km.....é melhor gastar um pouquinho com essa margem de kilometragem do que ficar em dúvida do que fazer.

Até mais!!!

5 comentários:

  1. Na verdade, o que costuma entupir os bicos é a gasolina comum. Se a pessoa abastece sempre com gasolina aditivada (claro, em posto de confiança) ou com etanol, não terá problemas com os bicos tão cedo. No caso do etanol sempre, o que pode ocorrer é um ressecamento nas mangueiras após 100 mil rodados. Falo por experiência própria.

    ResponderExcluir
  2. Queria saber para que serve então o filtro de gasolina😕

    ResponderExcluir
  3. Queria saber para que serve então o filtro de gasolina😕

    ResponderExcluir
  4. Besteira, é só trocar o filtro de combustível religiosamente a cada 10.000 KM (como diz o manual do proprietário de todo o carro flex), para evitar que entupa o bico injetor com impurezas dele mesmo (pedaços de filtro despedaçado) e o combustível com sujeira que o filtro não retém mais.

    ResponderExcluir
  5. Besteira, é só trocar o filtro de combustível religiosamente a cada 10.000 KM (como diz o manual do proprietário de todo o carro flex), para evitar que entupa o bico injetor com impurezas dele mesmo (pedaços de filtro despedaçado) e o combustível com sujeira que o filtro não retém mais.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...